Bem vindos !

Bem vindos !

04 setembro 2014

Diretor de 'A Esperança' Diz que parte 1 e 2 terão histórias bem distintas

O diretor Francis Lawrence (“Jogos Vorazes: Em Chamas”), responsável por dirigir as partes 1 e 2 de “Jogos Vorazes: A Esperança” nos cinemas, disse em entrevista à Entertetainment Weekly que os dois filmes terão histórias bem distintas e também comentou as mudanças em relação ao livro
Ao longo de dois filmes de Jogos Vorazes, Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) tem sido um pouco confiante. Mas em “A Esperança: Parte 1“, a heroína adolescente sofre um ataque de angústia apropriado para a idade como ela relutantemente se torna uma líder rebelde.
“É um momento muito confuso, conflituoso e complicado para Katniss,” diz o diretor Francis Lawrence. “Tendo passado pelos jogos mais uma vez e perdendo Peeta, ela está muito mais abalada. Então você a encontra em um lugar mais agitado. Ela está perturbada, confusa e com raiva.”
O último livro de Suzanne Collins apresenta uma corajosa narrativa sobre o papel de Katniss na rebelião para derrubar a Capital, com cenas sombrias de brutalidade durante uma guerra, mostrando como a heroína adolescente luta com as consequências psicológicas provocadas pela violência. No entanto, Lawrence diz que o próximo filme não será inteiramente sombrio.
“Há definitivamente algumas batalhas. Existem alguns dos primeiros vislumbres de uma verdadeira guerra neste filme, e a escala fica muito grande,” revela. “Há uma mudança atonal em relação aos últimos filmes, mas ele ainda é muito emocional, amplo, de grande escala e conta com certa leveza e humor.”
E não haverá nenhuma grande mudança em relação ao livro – embora Francis tenha trabalhado em estreita colaboração com o roteirista Peter Craig, a produtora Nina Jacobson e Suzanne Collins para criar novos elementos que vão “surpreender até mesmo os fãs do livro”.
“Ao invés de mudar o enredo e os personagens, o que criamos foi a oportunidade de mostrar cenas que poderiam estar acontecendo em tempos diferentes no livro,” diz Lawrence. “Para nós, é a expansão do mundo ao invés de mudar as coisas. Eu acho que é emocionante para os fãs verem certas coisas, então nós fomos capazes de abrir o mundo e ver alguns lugares novos. Temos que ver alguns novos distritos desta vez e o alcance da história fica muito grande.”
Há também a adição de Julianne Moore ao elenco, interpretando a Presidente rebelde Alma Coin, uma personagem cujo papel foi expandido para os próximos filmes. “O que é interessante é que, embora ela seja uma personagem importante no livro A Esperança, não há muito dela a ser mostrado,” diz Lawrence. “Há mais dela nestes filmes do que no livro e, por causa disso, há mais desenvolvimento da personagem.”
Mas quer saber uma coisa que não vai mudar? O triângulo amoroso entre Katniss (Jennifer Lawrence), Gale (Liam Hemsworth) e Peeta (Josh Hutcherson). “Com A Esperança: Parte 1 é complicado porque Peeta está fora do alcance dela”, observa o diretor. “Obviamente ele se torna um objetivo pra ela, mas Gale está ali, de modo a tornar a situação mais complicada.”
Enquanto Lawrence não revela como ele dividiu o final da trilogia de Suzanne Collins (“Isso vai ser uma das surpresas realmente boas”, diz ele), ele compartilha que os filmes “terão duas histórias diferentes, muito diferentes”. “Estes objetivos tornaram-se os motivos para nós,” Lawrence explica. Este é o lugar onde o sentido de toda a série entra em jogo. A resposta para o porquê destes livros existirem está em A Esperança, e foi realmente emocionante para mim adaptar isso. Esse tem sido o tipo de coisa que tenho pendurado através dessas histórias.”

Mais postagens do nosso blog para você !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...